Nome completo

Francina Elsje Blankers-Koen

Nacionalidade

HOL

Nascimento

26/4/1918

Local

Baarn

Morte

25/1/2004

Local

Hoofddorp

Altura

1,75m

Ouro

4

Prata

0

Bronze

0

Total

4

Participações

Berlim 1936

Londres 1948

Helsinque 1952

Histórico olímpico

1948: ouro nos 100 m rasos, 200 m rasos, 80 m com barreiras e revezamento 4 x 100 m rasos

Outras conquistas

Recordista mundial dos 100 m rasos, 80 m com barreiras, salto em distância e salto em altura

Em 1999, Fanny Blankers-Koen ganhou da Iaaf  (Associação Internacional das Federações de Atletismo) o título de atleta do século. E não foram poucos os motivos: dona de quatro medalhas de ouro olímpicas, todas conquistadas em Londres 1948, a holandesa foi uma atleta completa: dominava provas de velocidade, com barreiras e ainda os saltos em altura e em distância.

Fanny Blankers-Koen (à direita) conquista o ouro dos 100 metros rasos em Londres 1948

Arquivo/COI

Fanny Blankers-Koen (à direita) conquista a medalha de ouro dos 100 metros rasos em Londres 1948

Depois de disputar os Jogos Olímpicos de Berlim 1936 quando tinha apenas 18 anos – foi sexta colocada no salto em altura e quinta no revezamento 4 x 100 metros rasos -, Fanny foi prejudicada pelo cancelamento das edições de 1940 e 1944, quando já era melhor do mundo nas suas provas. Voltou ao evento em Londres 1948, depois de casar com seu técnico, o ex-atleta Jan Blankers, e ter dois filhos. Tornou-se na capital inglesa a única mulher a conquistar quatro ouros no atletismo em uma mesma edição dos Jogos.

A marca da holandesa, porém, poderia ter sido maior. Depois de disputar o salto em altura em 1936, Fanny nunca mais se inscreveu para a prova em Olimpíadas. E jamais participou do salto em distância, embora em 1948 fosse a recordista mundial das duas provas. A explicação, hoje, soa ridícula: o COI (Comitê Olímpico Internacional) proibia que mulheres disputassem mais do que três provas individuais do atletismo na mesma edição dos Jogos.

Fanny, que também foi recordista mundial do pentatlo – hoje as mulheres disputam o heptatlo – prova que só foi disputada nos Jogos Olímpicos de Tóquio 1964 a Moscou 1980 – voltou como heroína a Amsterdã, onde hoje existe uma estátua em sua homenagem. Competiu ainda em Helsinque 1952, mas já com 34 anos não conseguiu ir à final nem dos 100 m rasos e nem dos 80 m com barreiras. Se aposentou com cinco títulos europeus e 58 nacionais.

search-sample