Em 1936, em um mundo completamente off-line e a décadas de descobrir a internet, Berlim recebeu a última edição dos Jogos Olímpicos antes de uma pausa de 12 anos por causa da Segunda Guerra Mundial. E foi na Alemanha que uma descoberta mudou um pouco da história de Liechtenstein.

A esquiadora Tina Weirather leva a bandeira de Liechtenstein na abertura dos Jogos de Inverno de 2014

OCOG/Sochi 2014

Esquiadora Tina Weirather leva bandeira de Liechtenstein na abertura dos Jogos de Inverno de 2014

Minúsculo principado localizado entre a Suíça e a Áustria, Liechtenstein tem 160 quilômetros quadrados, equivalente ao menor município do Estado de Tocantins. Em Berlim, disputaria os Jogos Olímpicos de verão pela primeira vez – meses antes, já havia enviado uma delegação a Garmisch-Partenkirchen, também na Alemanha, para a competição de inverno.

Na cerimônia de abertura em Berlim, houve a descoberta que só poderia acontecer em tempos em que as distâncias eram muito maiores e países não conheciam bem uns aos outros:  Liechtenstein e Haiti, país que ocupa a parte ocidental de uma ilha no Caribe, perceberam que suas bandeiras eram idênticas: duas faixas horizontais com o mesmo tamanho, azul em cima, vermelha embaixo.

O problema poderia ser maior se atletas dos dois países fossem para o mesmo pódio e aí a confusão com as bandeiras estaria estabelecida. Mas não aconteceu: o único haitiano inscrito abandonou os Jogos antes de competir e os seis participantes de Liechtenstein, que competiram no atletismo, ciclismo e tiro, não chegaram sequer perto de medalhas. A confusão foi resolvida já no ano seguinte, 1937, quando Liechtenstein acrescentou à bandeira uma coroa no canto superior esquerdo. A bandeira do Haiti seguiu igual por algumas décadas, mas hoje tem o brasão do país bem no centro.

Desde o episódio em Berlim, os dois países jamais conseguiram medalhas. Os dois pódios do Haiti – prata e bronze – foram conquistados em 1924 (tiro) e 1928 (atletismo). Liechtenstein jamais subiu num pódio do evento de verão: suas nove medalhas foram conquistadas em Olimpíadas de inverno (1976, 1980, 1984 e 1988).

O “incidente” entre Liechtenstein e Haiti já apareceu até em um dos temas da série “The Big Bang Theory”, no episódio “The Beta Test Initiation”, da quinta temporada. Sheldon Cooper (Jim Parsons), um dos protagonistas da atração, conta a um de seus amigos a história envolvendo os dois países em Berlim.

Bandeira da Romênia

Wikimedia Commons

Ainda hoje existem bandeiras muito parecidas, que se diferenciam na ordem das cores ou, apenas nas dimensões – nem todas as bandeiras têm a mesma proporção de altura e largura. O caso extremo é da Romênia, na Europa, e do Chade, país africano que é um dos mais pobres do mundo. As duas bandeiras são iguais em cores e dimensões, como mostra a foto ao lado. Porém, a chance de atletas dos dois países subirem juntos no pódio é remota: romenos têm tradição olímpica, mas o Chade normalmente compete com apenas um ou dois atletas.
Rodrigo Borges

Rodrigo Borges

Editor

Jornalista desde 1997, com passagens por Lance!, Destak e ESPN. Mora desde 2015 em Londres, onde trabalha como freelancer para diversas publicações brasileiras, função que já exerceu também em Nova York. É um dos cofundadores do Bikpek.

search-sample